Novidades e tendências sobre tecnologia e aplicativos

Campanhas para Apps

Mídia programática: O que é e como comprar anúncios qualificados

16 de outubro de 2020

Há algumas formas de campanhas de mídia disponíveis no mercado, como o retargeting, por meio de DSP (Demand Side Platform) ou por mídia programática. Por meio dessas campanhas, é possível aumentar a aquisição de novos usuários, atuar na rentabilização do app, ampliar o branding, incentivar o engajamento, entre outros objetivos.

Um exemplo de mídia paga é quando o usuário, ao buscar por palavras-chave nas lojas, visualiza anúncios nas primeiras posições. Outro exemplo é feito por outros canais, como in-app, ou seja, dentro de outros aplicativos ou via redes sociais, como Facebook.

O que é mídia programática?

É um formato de mídia, para apps ou websites, em que o anunciante insere criativos (ads) em espaços publicitários focados na exibição para um audiência específica e configurada no início da campanha.

O anunciante deve programar a campanha para mostrar sempre o ad para uma audiência específica, em período delimitado e com um orçamento definido.

Para isso, o processo conta com a inteligência de algoritmos que segmentam o público. Assim, os anúncios são planejados a partir da diretriz de uma persona em vez de se guiarem por um publisher específico.

Agora que você entendeu o que é mídia programática, vale lembrar que mídia programática e mídia de performance não são termos sinônimos. Entenda mais nesse vídeo.

Como funciona a mídia programática

A compra de mídia programática ocorre por meio de um leilão aberto e em tempo real. Esse processo acontece dentro de ferramentas de mídia programática que fazem essas transações, as ad exchanges. O papel dessas plataformas é mediar a compra realizada por marcas e anunciantes junto ao publisher.

Assim, quando duas marcas entram na disputa pelo mesmo local de um site, ganha o direito ao anúncio a que oferecer o maior lance por usuário. Todo esse processo, vale lembrar, é feito de forma automática, a partir de tecnologia de dados.

Um dos desafios de campanhas de mídia programática é identificar as melhores oportunidades e garantir a performance baseada em KPIs. Por isso, é recomendável trabalhar com uma equipe de performance junto a cientistas de dados, que possam auxiliar nas melhores estratégias de compras de mídia.

Com isso, é possível aumentar as possibilidades de rentabilização de suas campanhas e, por consequência, atingir um bom ROI (Retorno de Investimento).

midia programatica

Como a mídia programática facilita a compra de anúncios

Além de ser um processo automatizado, há outras vantagens do modelo:

  1. Uma única operação de campanha pode ser exibida em vários sites;
  2. A estratégia traz mais relevância, uma vez que é focada na compra de audiência em vez de canais;
  3. O público-alvo é segmentado, conferindo maior assertividade aos anúncios,
  4. O uso de criativos diferentes é permitido, possibilitando testes A/B em busca do anúncio que provoca maior conversão.

Para que a campanha seja um sucesso, deve-se realizar a compra de anúncio de forma planejada e estruturada. Estude exemplos de mídia programática, inicie com testes de qual o melhor canal para o segmento do aplicativo, faça análises constantes e mantenha o acompanhamento das campanhas sempre à vista, independemente do tipo.

Como planejar suas campanhas

Muitos profissionais do mercado mobile se veem diante do dilema: é melhor investir em ASO, mídia paga ou ambos? A resposta é: depende. Sim, porque cada aplicativo possui momentos diferentes.

O ponto principal começa no valor disponível para investimento em campanhas de mídia paga, sejam elas do tipo programática ou não. Caso haja verba, o recomendável é construir uma estratégia em que o crescimento orgânico e pago se favoreçam e se retroalimentem.

Isso ocorre devido a alguns pontos. Em testes de discursos e criativos, por exemplo, é possível aplicar em diferentes canais ao adotar as duas estratégias. Com isso, o aprendizado é acelerado e é mais fácil compreender os pontos de otimização necessários para aumentar a conversão do aplicativo.

Por exemplo, em Android, é possível testar pacotes diferentes de screenshots e, depois, aplicar a versão vencedora em seus ads e buscar maximizar a conversão diminuindo os custos de veiculação da campanha.

Um ponto essencial a ser analisado com relação à união dessas estratégias é a lembrança de que os criativos e textos que estão disponíveis na loja de aplicativos são para todos os usuários, não somente usuários orgânicos.

Assim, a estratégia dos canais orgânicos e pagos deve ser constantemente alinhada e, dessa forma, o usuário que vier de diferentes campanhas não tenha uma quebra muito grande na sua experiência ou acredite que clicou no anúncio por engano.

Conte com especialistas!

Imagine iniciar a compra de anúncios de forma mais segura. A partir de empresas especializadas no mercado mobile, como o RankMyAPP, você vai contar com todo o suporte na hora de aplicar suas estratégias de mídia e, além disso, contar com ad exchanges parceiras.

Para entender ainda mais do assunto, confira o material exclusivo elaborado por nossa equipe sobre mídia de performance.

 

Mídia de performance

Estratégias para aumentar a quantidade de usuários

Como a Mídia de Performance atua na aquisição de usuários


Fique por dentro de todas as novidades

Quer saber o que mais podemos
oferecer para o seu APP?

Agende uma reunião