Início » Episódio #06 – Mobile App Growth | Mobile App Talks
mobile app growth no spotify

Episódio #06 – Mobile App Growth | Mobile App Talks

Bem-vindos ao sexto episódio do Mobile App Talks, o podcast produzido pelo RankMyApp, empresa referência global em inteligência de marketing e gestão de mídia para aplicativos mobile. Aqui, trazemos diversas histórias sobre inteligência de dados do mundo mobile para compartilhar com você. Hoje nosso papo será sobre: Mobile App Growth. 

Nossa host, Juliana Assunção, CMO do RankMyApp, traz dois convidados especiais aqui da empresa: Izabella Accioly, Mobile Growth Specialist, e Ricardo Feldman, Head de Vendas LATAM, e especialista do universo de Growth Marketing & Acquisition.

No bate-papo, os dois mestres do Mobile Marketing falam sobre apps discover evaluation, e vários assuntos relacionados a crescimento, resultados e visibilidade de aplicativos. 

Então, se você tem interessem em saber mais sobre o assunto, continue por aqui.

Boa leitura!

Tráfego orgânico x tráfego pago: qual é o ideal para o seu aplicativo?

Para garantir a visibilidade dos aplicativos nas lojas, é fundamental equilibrar bem as campanhas de mídia paga e o tráfego orgânico. Porém, para quem está começando, é interessante verificar se o orgânico performa bem antes de investir na mídia paga.

“A parte orgânica, cresce até um certo momento e depois para. Assim, é importante ficar atento a esse sinal: ‘agora é o momento de começar a investir, não estou conseguindo mais crescer o número de usuários organicamente’. Essa é uma situação muito comum em lançamentos de App, ter um certo volume e depois dar uma estagnada. E aí sim, partir para esse mix que, no meu ponto de vista, é o mundo ideal: trazer os usuários organicamente e pagando”, indica Ricardo.

“Falando dentro de Mobile Intelligence, que trabalha mais a aquisição orgânica diretamente, os fatores que mais observamos falando de aquisição são: a visibilidade, ou seja, conseguir ser exposto a um maior número de pessoas possível e, depois disso, a conversão em instalações, porque é assim que eu vou atingir uma quantidade maior de usuários. É preciso estar exposto a muita gente e eu preciso que a minha taxa de conversão seja alta”, completa Izabella.

É importante investir bem nas duas áreas pois elas se retroalimentam, gerando uma melhor conversão. Por isso é essencial que ambos conversem bem entre si. Não adianta ter vários anúncios que não se alinham com o que é oferecido. Assim, esse alinhamento é uma estratégia importante para não frustrar o usuário. 

Como melhorar a retenção de usuários em aplicativos

Nossos convidados começaram falando sobre crescimento e visibilidade, mas o tópico seguinte foi falar da retenção nos aplicativos. Esse é um ponto de dor principalmente em certas categorias. Será que o canal faz diferença na hora da retenção? Quais os melhores métodos para melhorar?

Na visão de Ricardo, “com certeza os canais influenciam”. “Aqui a mesma coisa, eu gosto de utilizar canais gratuitos e canais pagos para buscar reter os usuários e estar sempre em contato com eles para retê-los e mantê-los usando o app”, diz.

Nesse sentido, o objetivo é criar essa régua onde seja possível trazer o usuário da maneira mais barata e, aos poucos, conforme a entrada diminui, aí sim começar a oferecer benefícios para atraí-los através das campanhas. 

e-book mobile growth

A Iza, também, completa falando sobre os “super apps” atuais, que têm diversos estímulos e estratégias de fidelização atraentes. É muito melhor para o desenvolvedor colocar ferramentas no aplicativo que impeça o usuário de baixar por um motivo e depois desinstalar quando acaba.

Ela diz que: “a gente tem que pensar além das ferramentas específicas, pensar também no produto como um todo, em como que o aplicativo pode incentivar essa fidelização dos usuários.”

Análise de dados em aplicativos: qual a sua importância e como usá-los?

Existe até uma expressão na internet: “Dados são o novo ouro, o novo petróleo”. Basta uma breve pesquisa na internet para entender que os dados são a nova matéria prima que as empresas têm para melhorar seus negócios e se aproximar dos clientes.

É por meio deles que conseguimos entender bem melhor o que está funcionando ou não, sempre pensando no consumidor final. 

Para auxiliar é essencial entender, conhecer e discutir com outras empresas, assim você consegue perceber quais ferramentas te auxiliam nas estratégias de app growth, e quais atrapalham e só te fazem desperdiçar tempo e dinheiro.

Portanto, antes de se usar as ferramentas, devemos focar nos dados e agir sobre as análises. Assim, é possível planejar o próximo passo de uma campanha que você ainda nem lançou.

Como a Izabella diz, “o objetivo dos dados é conhecer o nosso cliente final, entender de que forma vamos atender ele para satisfazê-lo. Precisamos pensar na jornada do usuário desde a hora que ele baixa o aplicativo até a hora que, se tudo der certo, ele deixa uma review positiva e recomenda para outros. E aí temos que mapear essa jornada, trabalhando para facilitá-la”.

Desta forma, é preciso prestar muita atenção na jornada do cliente, não só garantindo uma experiência tranquila durante o cadastro, mas também agilizando o produto se quisermos ter sucesso nas estratégias de app growth. 

E aí, curtiram a nossa conversa com a Iza e o Rick sobre  o universo de mobile app growth? 

Então, você precisa ouvir a nossa conversa na íntegra! Tem muito mais coisa interessante por lá. Clique no link e aproveite!

Nos vemos no próximo episódio!