A foto foca nas mãos de uma mulher enquanto segura um celular. De dentro do celular sai um ícone que demonstra a geolocalização do aparelho.

Geolocalização em aplicativos: o que é, como funciona e quando usar

Quando baixamos um aplicativo, é provável que haja uma solicitação de permissão para acesso à sua geolocalização, não é mesmo? Isso se tornou comum com a popularização dos dispositivos móveis (smartphones, tablets, notebooks, etc.).

Esse recurso tem a função principal de segmentar vários serviços de acordo com a nossa localização geográfica, tais como:

  • mapas;
  • georreferenciamento;
  • anúncios online;
  • informações.

Para você entender melhor o assunto, o RankMyApp preparou um conteúdo exclusivo sobre o tema que te ajudará a avaliar se é vantajoso ou não criar um aplicativo com geolocalização para a sua empresa. Então, continue a leitura!

O que é geolocalização?

A geolocalização é a determinação de uma localização a partir de coordenadas geográficas. O termo surgiu no ambiente militar com o objetivo de auxiliar em tempos de guerra. Com o tempo, essa tecnologia migrou para áreas comerciais e pessoais. 

É um recurso que permite que um smartphone seja localizado através de um rastreamento via conexão remota. Em outras palavras, se você estiver usando um aplicativo que tenha acesso à sua geolocalização, será possível saber onde o seu celular está naquele exato momento.

Pense na seguinte situação:  Você chega em casa e seu celular notifica que você tem um cupom de descontos de um aplicativo de comida. Ao abri-lo, você encontra um catálogo de restaurantes. Sua escolha é o restaurante mais próximo, pois você está faminto. Feito o pedido, o entregador precisará consultar o mapa e um GPS para chegar até sua casa.

Note que desde o cupom de descontos até a entrega do pedido há a presença da geolocalização. Os cupons são oferecidos a partir da sua localização e o catálogo de restaurantes é baseado na proximidade com o seu endereço.

O aplicativo sabe o seu endereço pelo cadastro ou pelas quatro formas de geolocalização existentes. Veremos a seguir quais são elas.

Como funciona a geolocalização?

A primeira coisa que você deve fazer é permitir que o aplicativo tenha acesso à sua localização. Após isso, é ativado o software, que se “comunica” com o sistema operacional do smartphone, acionando o kernel e, consequentemente, o hardware. 

Em alguns casos, os apps podem contar com a ajuda de outras tecnologias para ter ainda mais precisão. São quatro as formas de conexão:

Wi-fi

À medida que nos distanciamos do roteador wi-fi, o sinal vai ficando cada vez mais fraco, não é mesmo? A localização via wi-fi, segue a mesma lógica. A distância é medida de acordo com a intensidade do sinal. Quanto mais longe, menos intenso e vice-versa.

Radiofrequência

Como o próprio nome diz, este modelo de geolocalização é pautado na emissão de ondas de rádio. Esta ferramenta pode ser utilizada para localizar celulares, mas necessitam que os aparelhos estejam com sinal e ligados.

GPS

É a tecnologia que permite que você saiba onde está no mundo com bastante precisão. Três satélites (ou mais) presentes na órbita terrestre triangulam os sinais e enviam as coordenadas (latitude e longitude) de um ponto no planeta. No caso, o seu celular.

AGPS

Essa tecnologia é uma evolução do GPS. Além dos satélites, ela utiliza a antena dos celulares na geolocalização, parecido com a radiofrequência. Também é denominada de GPS assistido.

Tecnologias mais comuns em apps

Se você está se perguntando como funcionam os aplicativos de localização, saiba que a tecnologia mais utilizada entre eles é a de mapa. Dessa forma, é possível ter a localização exata do usuário e, assim, oferecer um serviço personalizado e uma experiência ainda mais otimizada.

O georreferenciamento também é uma tecnologia muito adotada para a geolocalização de celular. Com ela, a localização é captada em tempo real.

Um exemplo muito comum da utilização dessa tecnologia são os mapas do dos apps de delivery, que mostram onde o entregador está com o seu pedido, ou então os aplicativos de transporte, que apontam a rota do motorista.

Quais são as funcionalidades da geolocalização

Mãos brancas tocam na tela de um celular branco

Devido às múltiplas possibilidades que oferece, a tecnologia de geolocalização pode ser utilizada em diferentes aplicações. Veja algumas de suas principais funções.

Geobehavior

O termo (behavior) em portugês significa comportamento. Essa funcionalidade foi criada justamente para traçar perfis comportamentais a partir de determinadas localizações. São informações importantes para a elaboração de produtos e serviços, além da estratégia de marketing.

É uma funcionalidade fundamental para o direcionamento de campanhas para as empresas. Como em um shopping, analisar os períodos do dia nos quais as salas de cinema possuem maior movimento, pode auxiliar na captação dos clientes. 

Outro exemplo são os apps de transporte que já tem o endereço para onde você vai entre as primeiras sugestões quando é uma viagem rotineira, como: toda segunda ir para a academia próximo às 19h – melhorando a experiência do usuário no app.

Geoprocessamento

As informações geográficas são extremamente importantes para análises espaciais. Com esses dados, é possível:

  • avaliar impactos ambientais; 
  • redução de danos;
  • estudos de viabilidade de empreendimentos;
  • planejamentos;
  • Visualização de rotas alternativas à engarrafamentos.

Aplicativos que utilizam geoprocessamento podem ser muito úteis para profissionais de marketing, além de geógrafos e jornalistas. Tecnologias de desenvolvimento de mapas interativos surgiram para atender às mais variadas necessidades, como o Waze e o Google Maps, por exemplo.

Geomarketing

As aplicações mais comuns da geolocalização estão voltadas para o marketing. Esse recurso utiliza a localização de um público para definir estratégias e ações como reforço de reputação, divulgação de produtos ou serviços, entre outras ideias.

A geolocalização serve para identificar tendências comportamentais do mercado e monitorar a concorrência, gerando informações importantes para a construção de estratégias de marketing.

Quais as principais vantagens da geolocalização para aplicativos?

É preciso segmentar seu público para que seu negócio consiga se destacar e alcançar resultados positivos. São diversas as vantagens do uso da geolocalização para aplicativos. Vamos falar sobre alguns desses benefícios

Experiência do usuário

A geolocalização facilita ao seu negócio achar seu público-alvo com base nas regiões próximas. Essa segmentação da clientela possibilita que seu aplicativo entregue o produto ou serviço para as pessoas certas e oferecendo uma ótima experiência ao usuário.

Proximidade com a clientela

Todo negócio surge para atender a um problema de um determinado público. Saber onde está essa comunidade é fundamental para estabelecer a sede da empresa numa região onde os clientes frequentam, por exemplo. 

Não adianta oferecer um serviço que está longe do seu público-alvo. A distância é um fator de desistência para muitos clientes.

Propaganda

A geolocalização ajuda e muito na estratégia de marketing e propaganda de um aplicativo. Um exemplo são as notificações push, essenciais para apresentar anúncios segmentados conforme o endereço dos visitantes do app. 

Quais tipos de aplicativos podem se beneficiar com a geolocalização?

Uma mão ssgura um celular, de onde saem ícones de localização vermelhos

A geolocalização no celular é uma função que pode melhorar ainda mais a experiência do usuário. Mas será que essa tecnologia é vantajosa para todos os segmentos de aplicativos? Confira alguns em que o rastreio de localização é uma boa ideia:

Delivery

Nada melhor do que saber que o seu pedido está a caminho, não é mesmo? E com a possibilidade de saber onde ele está exatamente, é ainda melhor. 

A geolocalização de celular em aplicativos de entrega é um dos recursos que oferecem uma experiência do usuário ainda melhor, oferecendo informações mais completas aos consumidores.

A geolocalização oferece agilidade para rastrear e acompanhar o pedido. Isso é bem útil para serviços de entrega e também para a busca por estabelecimentos locais com base na proximidade do usuário.

Exemplos de aplicativo de entrega que utilizam a geolocalização: iFood, Rappi, Zé Delivery….

E-commerce

A geolocalização on-line no e-commerce oferece segurança aos consumidores da sua loja virtual. Com essa tecnologia, é possível calcular valor de frete e prazo de entrega. 

Em alguns casos, indicar lojas físicas mais próximas do comprador, no caso de opções diferenciadas de compras. Em marketplaces de serviços, é fundamental saber a localização do usuário ou do prestador para trabalhos que são feitos no local. 

Exemplos de aplicativos de E-commerce que utilizam geolocalização: Magalu, Amazon, Americanas…

Jogos

Um dos segmentos que também pode se beneficiar com a geolocalização de celular são os games. Jogos para plataforma mobile oferecem uma experiência ainda mais favorável para os usuários, com interações diferenciadas.

Isso fortalece a indústria de games para plataformas mobile, que vem crescendo a cada ano. As empresas que já atuam nesse ramo vão gerar receitas consideráveis a partir do uso dessa tecnologia em aplicativos. 

Talvez o maior exemplo de game que usa geolocalização é o Pokemon Go. O jogador caminha pelas ruas da própria cidade interagindo com os animais do jogo.

Transporte

Onde está o motorista que você solicitou? Onde fica a estação de metrô mais próxima? Qual o horário do ônibus e por onde ele está passando agora?

Um dos segmentos em que a geolocalização de celular se faz mais útil é o transporte. Com ele, é possível se programar com ainda mais precisão para os compromissos que você precisa cumprir, por exemplo, ou ainda, acompanhar a rota da sua viagem.

Exemplos: Uber, 99, Waze, Google Maps…

Atividades esportivas

Cada vez mais as pessoas estão buscando aplicativos de atividades esportivas para se manter em forma. Um aplicativo que mostre o trajeto de uma caminhada ou corrida e a distância percorrida.

Por meio da geolocalização, os usuários também conseguem mapear locais e eventos para praticar esportes específicos. Por exemplo, um aplicativo que informe onde existem quadras de basquete na cidade.

Exemplos: Nike Run, Adidas Running, Strava…

Estabelecimentos 

Você está enganado se pensa que apenas empresas onlines podem se beneficiar de ferramentas de geolocalização. Estabelecimentos físicos também podem usufruir dessa tecnologia.

Um restaurante pode usar a geolocalização para disparar promoções e descontos para quem estiver navegando pela web nas redondezas.

Interações populares

As ferramentas de geolocalização são excelentes instrumentos para as pessoas interagirem entre si. No momento em você compartilha a sua localização, pode encontrar amigos, marcar pontos de referência e se comunicar com outras pessoas com interesses em comum na sua região.

Existe também o compartilhamento de localização aliado a uma empresa ou marca, como acontece no Foursquare. Nesse sentido, tanto usuários quanto estabelecimentos físicos se beneficiam da geolocalização para fortalecer interações e suas marcas, no caso dos estabelecimentos. 

Como o RankMyApp pode te ajudar?

O RankMyAPP tem 15 anos de experiência e é a primeira empresa brasileira 100% focada em inteligência e performance mobile. Desenvolvemos a nossa própria tecnologia e temos um time de especialistas em App Growth e Mobile Marketing.

São mais de 600 clientes em 17 países, atendendo grandes apps como Vivo, Itaú, Didi, Natura e Magazine Luiza! Hoje, somos referência global em inteligência de marketing e gestão de mídia para aplicativos mobile 

Gostou de saber mais sobre a geolocalização de celular e como essa tecnologia pode ser satisfatória para o seu negócio on-line? 

Assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como este, em primeira mão! Conte com a ajuda do RankMyApp para se manter sempre atualizado sobre o universo mobile.

Últimas postagens