Início » Jornada do usuário: como mapear e melhorar os resultados do app.
Mulher em segundo plano mexendo no celular e um rosto feliz com um chek, significando uma experiência positiva

Jornada do usuário: como mapear e melhorar os resultados do app.

Não resta dúvidas de que um dos fatores mais importantes para melhorar as interações dentro do app, é a jornada do usuário. É através dela que dados são consultados, compras concluídas e serviços adquiridos. Ou seja, significa o caminho até o objetivo final, passando pelas etapas necessárias para isso.

É por essas razões que entender o mapeamento da jornada é fundamental para identificar e corrigir pontos fracos do app, otimizando a experiência do usuário, tornando-a mais fluída , harmônica, fazendo com que seu objetivo seja concluído com mais facilidade.

Foi pensando nisso, que nós da RankMyAPP preparamos esse conteúdo. Através dele, você irá entender mais sobre a jornada do usuário, como ela funciona e as técnicas de mapeamento dessa jornada em aplicativos. E com base nessas explicações, você poderá aprimorar seu app. Continue conosco e siga a leitura! 

O que é jornada do usuário?

Para contextualizar, uma breve explicação sobre o conceito de jornada do usuário. Trata-se do caminho percorrido até o objetivo principal ou final dentro de um app. Pode ser uma compra, assinatura ou contratação de algum serviço. 

Importante ressaltar que essa jornada não começa quando o usuário interage no menu ou faz o download do app. Quando algum anúncio de sua marca causa impacto na pessoa, por exemplo, esse processo de jornada  já tem início. 

Qual a importância de mapear a jornada do usuário?

Mulher em primeiro plano analisando dados em um tablet e no segundo plano, dois homens analisando outros dados em uma folha em cima da mesa

Precisamos partir do princípio que um dos principais objetivos de um aplicativo é fazer com que as pessoas tenham uma boa experiência em um processo de navegação mais simples. 

Através do mapeamento da jornada, você obtém informações importantes como necessidades e preferências dos usuários. Além disso, é possível captar bugs, gaps e outros problemas que tornam a navegação bem abaixo do esperado. 

Então, com base em todos esses dados, você consegue criar ações para otimizar ainda mais a experiência dentro do aplicativo. 

Aprimorando elementos que impactam de forma negativa na experiência, a tendência é que a taxa de desinstalação do aplicativo seja reduzida. Portanto, mapear a jornada do usuário  se tornará mais relevante

Mas para isso, é preciso avaliar com cautela cada etapa a ser seguida dentro da jornada do usuário e fazer as devidas correções e atualizações no app. 

Como mapear a jornada do usuário?

Depois de entender o que é a jornada do usuário e sua importância para o desenvolvimento do seu aplicativo mobile, é preciso entender como fazer o mapeamento dessa jornada e utilizá-la ao seu benefício.

Definição da persona

A persona significa a imagem daquele cliente ou usuário ideal, representando o segmento de todo o seu público. A criação da persona é feita através de muita pesquisa de mercado e análise de dados. Assim, permitindo que você consiga entender melhor como os usuários interagem com o seu app e  o que eles desejam de seu produto. 

Adquirindo informações sobre os usuários

Falamos que um dos pontos importantes para mapear a jornada, é saber a forma que os usuários interagem com o seu app. Para isso, é necessário realizar pesquisas que respondam questões chaves ,como por exemplo, o motivo que o usuário instalou seu aplicativo. Ter essas respostas irá te ajudar a criar uma persona e mapear a jornada do usuário. 

Testando os resultados das pesquisas

Uma pesquisa eficiente, deve indicar como é a interação dos usuários em seu app, os pontos fortes e aqueles que precisam de melhorias em cada etapa. A partir da análise e compreensão desses dados, fica mais fácil criar um mapa de jornada do usuário e começar a otimização. Depois faça testes para saber quais mudanças surtiram efeitos positivos. 

A jornada do usuário e seus estágios

Homem olhando o celular, com o notebook aberto e um tablet aberto ao lado

Além de entender como mapear a jornada do usuário, é importante saber quais os estágios que a definem.  Portanto, agora iremos te explicar cada uma dessas etapas. São ações realizadas desde a instalação, desinstalação, até a reinstalação. Acompanhe!

Instalação e integração do app

Tudo começa quando o usuário decide baixar o aplicativo, instalar e abrir. Assim, ele é apresentado à interface do app e está pronto para realizar sua primeira ação. 

Nessa etapa, o app precisa chamar atenção do usuário já nas lojas de aplicativo. Essa conquista é feita através do título, de uma boa descrição e de elementos visuais de qualidade como ícones e fotos que mostram as funcionalidades do app (screenshots). 

E é aí que entram as técnicas de ASO ( APP Store Optimization). São elas também que vão ajudar a fazer com que o seu app seja encontrado mais facilmente, por meio de palavras-chave que condizem com o produto. 

e-book mobile growth

Além do ASO, é fundamental que o app mostre desde o início todas as funções que pode desempenhar. Caso contrário a chance de desinstalação se torna grande. 

Ativação do usuário

Aqui é o momento em que o usuário entende a proposta do aplicativo, a partir da  primeira ação realizada. 

São essas primeiras ações que vão definir se a pessoa será engajada ou com o app. Isso porque é nesses primeiros contatos que os usuários decidem se o aplicativo é útil para eles ou não. 

Portanto, podemos dizer que essa é uma das etapas mais importantes dentro da jornada, pois é nela que se determina a fidelidade do usuário. 

Se o resultado for positivo, no caso o usuário se torne ativo, há boas chances de conversão para que ele comece a querer mais funcionalidades e pague por isso. 

Uso ocasional

Entende-se por uso ocasional, aquele momento em que o usuário abre o aplicativo com menos frequência e realiza ações lá dentro. Ou seja, pode ser um sinal de que o usuário já não demonstra estar mais tão engajado como antigamente. 

Isso ocorre pelo simples fato de que as necessidades daquele usuário possa ter mudado com o passar do tempo e as funcionalidades do app passam a não serem mais úteis e atrativas. Muitos aplicativos passam por isso, mas principalmente aqueles com uma base grande de usuários. 

Como mapear as etapas de navegação do usuário?

Homem mexendo no celular e da tela saindo um gráfico mostrando avaliações dos usuários

Vimos antes que entender a jornada do usuário é fundamental para que você possa aprimorar o seu aplicativo. Por isso, saber monitorá-la é um processo importante. Veja abaixo algumas dicas que separamos para mapear as etapas de navegação do usuário.

 Ferramentas para analisar a navegação do usuário

É indispensável você fazer uso de ferramentas UX (User Experience)  para analisar a jornada do usuário em seu app. Isso permite compreender como é, de fato, a interação dele com o aplicativo. Além de deixar claro se as informações do app são facilmente compreendidas pelos usuários ficam confusos durante a navegação. 

Uma dica de ferramenta é o Hotjar. É um site que capta toda a navegação do usuário enquanto ele está usando o app. 

Testes de usabilidade

A aplicação de testes de usabilidade também é uma ótima forma de analisar a experiência do usuário. O modelo de teste A/B é o mais utilizado. Essencial nas estratégias de inteligência mobile, caracteriza-se por comparar duas versões de um mesmo app, para verificar qual deles tem o melhor desempenho. 

Analisar os reviews e comentários do seu app

 Uma das melhores maneiras de promover melhorias ao seu aplicativo, é saber quais são as críticas feitas pelos usuários. Isso é possível através de análises dos reviews e comentários do seu app. Observe cada um deles e a partir disso trabalhe para desenvolvimento do produto.  

Mapeamento feito, e agora?

Essa é uma pergunta que talvez você deva estar fazendo neste momento. O que fazer depois de todo o mapeamento feito, afinal de contas? E a resposta é simples: montar estratégias para deixá-lo ativo para convencer usuários, tanto novos quanto antigos, a instalarem o app. 

Dentro da elaboração dessas estratégias, implica a utilização correta das técnicas de ASO , para atuarem desde o primeiro contato do usuário com o produto. 

Para isso, você pode contar com os serviços da RankMyApp, que irá ajudar o seu aplicativo a ter muito mais performance e a conquistar um melhor ranqueamento.

 

RankMyApp é uma empresa totalmente focada em intelligence mobile

 que é responsável por promover a otimização e melhoramento dos aplicativos mais utilizados no Brasil e na América Latina. Atualmente, são mais de 600 clientes em 17 países, fazendo com que a Rank seja referência global em inteligência de marketing e gestão de mídia para aplicativos. 

Quer conhecer mais sobre o nosso trabalho e saber as soluções para alavancar seu negócio? Então entre em contato conosco agora mesmo! 

Também acesse o nosso blog para ficar por dentro de tudo o que acontece no universo do marketing digital e aplicativos. Além disso, baixe nossos e-books com conteúdos muito especiais que irão agregar conhecimento.