10 dicas para turbinar o design do ícone do seu aplicativo

Um dos fatores cruciais para o primeiro contato do usuário com o aplicativo é o ícone do app. É fato que o design do ícone de um app é um fator crucial na hora do usuário escolher se irá baixá-lo ou não.

Por isso, separamos dez dicas para não errar no ícone e o seu app gerar mais conversões a partir dele. Mas, antes é preciso entender o que é um ícone e qual é a sua função.

Afinal, o que é um app icon?

Primeiramente, é preciso saber que um ícone não é um logo para sua empresa. O ícone é a imagem responsável pela singularidade e primeira performance visual que seu app terá em meio a tantos outros apps dentro das app stores.

Em geral, os ícones têm uma forma quadrangular e criados em múltiplos tamanhos padrões para web e smartphones, variando entre 29 x 29 px até 1024 x 1024 px.

Dessa forma, seu aplicativo poderá ser reconhecido por meio de um mesmo ícone uniformizado para diferentes plataformas e contextos; como Google Play, App Store, lista de resultados (web e mobile), etc.

Uma imagem vale mil palavras

Uma regra comum é muito importante: não use palavras ao criar seu ícone! As letras aparecerão minúsculas quando seu app aparecer entre os resultados de busca e, dado ao tamanho limitado, não haverá espaço suficiente para os símbolos e gráficos.

Esses elementos são extremamente necessários para que o visitante identifique rapidamente as funções de seu aplicativo. Apenas defina seu ícone quando for capaz de traduzir graficamente o que seu aplicativo oferece em apenas um símbolo simples e direto.

Para algumas empresas, é válido usar a letra inicial da marca, como o Facebook, Pinterest e Google Reads. Mas também é válido lembrar, que estas são marcas consolidadas no mercado e que suas iniciais são reconhecidas já em qualquer contexto on-line.

Além de tudo isso, muitas vezes, o ícone de seu app virá acompanhado do seu título. E é por aí que podemos perceber a grande importância desses dois fatores, não é mesmo?

Vamos agora às dicas!

1- Trabalhe com formas claras e diretas

Ok, você não precisa ser minimalista, mas procure manter apenas um símbolo ou forma para definir seu ícone. Elementos gráficos muito próximos podem construir um conflito visual, principalmente nos contextos em que seu ícone pode aparecer bem pequeno.

2- Use cores vibrantes a partir de uma paleta limitada

O espaço de um ícone não é o lugar ideal para usar todas as cores da paleta de sua marca ou logo. Defina uma ou duas cores vibrantes para destacá-lo de outros apps.

As cores primárias também são muito válidas neste ponto. É também interessante acompanhar os ícones de seus concorrentes e de outros apps e utilizar cores sempre distintas – e melhores!

3- Não prometa o que seu app não pode cumprir

Não coloque no ícone do aplicativo nenhum símbolo que remeta a alguma função que seu negócio não oferece.

4- Mantenha uma harmonia visual entre seu ícone e todo seu app

A linguagem e identidade visual de todos elementos que representam seu app devem estar em sintonia para que seu usuário reconheça sempre sua marca e “seu território” apenas por meios visuais.

5- Background: transparente ou preenchido?

A resposta para este ponto está em seus testes. Analise cautelosamente seu ícone com diferentes backgrounds em diferentes wallpapers.

Pense sempre que você nunca irá saber qual é a imagem de fundo de tela do smartphone do usuário que instalará seu app, mas que ele sempre deverá parecer visualmente bem.

6- Testes A/B com diferentes versões

Ainda nos testes, publique diferentes versões de seu ícone, com diferentes elementos, cores, detalhes. Dessa forma, você poderá sentir o impacto do ícone na sua taxa de conversão. O ponto negativo para esse tipo de teste é o prazo que as app stores solicitam para aprovar cada ícone, que pode levar até 10 dias.

7- Escolha um nome pequeno para acompanhar o ícone

Não me refiro ao título, mas, sim, àquele nome que aparecerá logo abaixo do ícone do app no celular de quem o instalou. Seria nada amigável se o nome de seu app for cortado pela metade, não é?

8- Faça algo que sua concorrência não faz

Analise os ícones de seus concorrentes durante o processo de criação e crie algo a partir dos detalhes que eles ainda não utilizam, seja na cor, nos símbolos ou até mesmo no background.

Coloque seu ícone em meio aos ícones dos seus concorrentes e analise o que pode ser diferenciado. Mínimos detalhes farão a diferença.

9- Evite fotografias

Além do fato que fotografias não são imagens ideais para serem utilizadas em diferentes tamanhos, elas também não são bons ícones, justamente por conter muitos elementos gráficos. No caso de ícones, o espaço é pequeno.

Se uma fotografia representar muito bem seu app, procure trabalhar a partir dela utilizando essas dicas, mas nunca utilize a mesma como o próprio ícone.

10- Detalhes cruciais

Existem alguns detalhes que devem ser levados em consideração na hora de desenvolver o ícone. Por exemplo, a escalabilidade; o seu ícone precisa se adequar a qualquer tamanho.

Mas, o principal é deixar a sua marca. O ícone precisa estar reconhecível, sem precisar necessariamente de uma explicação. Por isso, ressalte algum detalhe que dá singularidade a sua imagem.

É tudo parte de um grande desafio em apenas alguns pixels. Acreditamos que essas dicas e toda sua concentração, validação e importância ao design trarão grandes resultados aos seus downloads e futuros usuários, já que o ícone é muito importante para ASO.

E você, o que achou dessas dicas? Não esqueça que o RankMyApp pode ajudar na otimização dos ícones, além de outros elementos do seu app por meio de App Store Optimization! Entre em contato com um de nossos especialistas e faça uma análise personalizada.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *