App de realidade aumentada: essa tendência veio pra ficar?


A realidade aumentada apareceu há cerca de dez anos com os QR codes. Por mais que fossem muito usados — e são até hoje—, essa tecnologia caiu no esquecimento e os QR codes se tornaram independentes.

Com tantas outras novidades no mercado, parecia inútil ficar batendo na mesma tecla. Mas, agora, parece que esse jogo virou. Com o crescimento dos aplicativos, a realidade aumentada tem um novo papel e chamou muito a atenção dos desenvolvedores de app.

Antes de tudo, o que é realidade aumentada?

A realidade aumentada tem a função de fornecer características virtuais para outros espaços. Assim, é possível transformar uma realidade com diversos elementos, literalmente adicionando algo virtual ao mundo real.

E esses elementos podem ser diversos, desde GPS, gráficos, dados, trânsito, temperatura ou qualquer outra coisa que possa ser aplicada a algo de verdade.

Parece um pouco doido, mas, com o aumento de smartphones e o boom de aplicativos, a realidade aumentada está cada vez mais presente, mesmo que não percebamos. É possível observar essa tecnologia em diversas categorias, como jogos, educação e até compras.

Um exemplo simples para entender esse universo é um aplicativo que disponibiliza a visibilidade real do produto na sua casa e, após a compra, um manual de instruções que faz o passo a passo no celular.

Você quer comprar um armário para a sua casa, mas não sabe se ficará bom. Tendo acesso a sua câmera, o aplicativo consegue projetar no celular como ficaria o móvel naquele lugar da sua sala, já inserindo as medidas.

E, se você de fato efetuar a compra pelo app, é possível obter um manual de instruções em tempo real dizendo onde cada peça deve estar. Assim como na foto:

Realidade aumentada X realidade virtual

Com os nomes um pouco parecidos, é normal as pessoas confundirem e não saberem a diferença entre realidade aumentada e realidade virtual. Mas, vamos acabar com esse mistério para distinguir essas tecnologias.

A principal diferença é que a realidade virtual permite que o usuário emerja no espaço 3D, enquanto a realidade aumentada traz elementos digitais para interatividade do espaço real, com simulação de ações e sons.

Por que adotar a realidade aumentada no seu aplicativo?

A maioria dos apps disponíveis que usufruem da realidade aumentada são jogos. Mas, como dissemos lá em cima, essa não é a única categoria que possa usar essa tecnologia.

Então, se o seu app não tem nada a ver com jogos, não se preocupe! A realidade aumentada pode lhe trazer boas conversões também!

Imagine que você criou um aplicativo para o seu e-commerce de roupas. Por mais que esse mercado esteja em expansão, algumas pessoas ainda preferem comprar fisicamente, já que a cor da roupa pode mudar, as medidas, etc.

Mas, se o seu aplicativo possui a tecnologia de realidade aumentada, o usuário tem a oportunidade de visualizar melhor o produto, assim como o tamanho, cor e outros atributos. Essa funcionalidade te deixa muito à  frente da concorrência.

Os melhores aplicativos

Não é preciso nem mencionar o aplicativo “rei” da realidade aumentada: Pokemón Go!. Esse jogo soube trabalhar muito bem com esse artifício e se tornou uma febre entre todas as idades.

Mas, temos um exemplo “diferentão”: a L’Oreal, marca famosa na indústria de beleza, desenvolveu um app para que seus clientes pudessem testar a maquiagem no próprio aplicativo.

O app simula o efeito da maquiagem no rosto, seja para testar o tom de pele da base ou a cor do batom. O objetivo é deixar o usuário mais confiante para comprar sem necessariamente ir até uma loja física para testar.

Mas, se você não é uma pessoa que gosta de jogos ou de maquiagem, a realidade aumentada pode te mostrar as coisas mais complexas da vida bem de pertinho.

Alguns apps permitem até mesmo que você explore o céu à  noite. Seja para estudar as estrelas ou só apreciar a lua, o app Star Walk promete proporcionar uma experiência muito fiel à  realidade.

É quase impossível dizer qual é o melhor aplicativo de realidade aumentada disponível nas app stores. As opções são tantas que seria possível passar um dia inteiro navegando nas lojas e testando aplicativos.

Mas, para os desenvolvedores, mesmo que seja uma boa apostar nessa tecnologia, ela não garante sucesso do aplicativo nas app stores. Por isso, é sempre importante ressaltar a importância do processo de App Store Optmization para o crescimento do app.

Então, com ou sem realidade aumentada, se você quer ver o desempenho do seu app lá em cima, separamos um guia definitivo para entender tudo sobre ASO!

:

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *