Novidades e tendências sobre tecnologia e aplicativos

Mercado

Como foi o mercado mobile 2019 e o que esperar de 2020

23 de dezembro de 2019

Os aplicativos estão cada vez facilitando mais nossas tarefas diárias: seja para ouvir música ou consultar o saldo bancário onde quer que estejamos. Esse fato foi comprovado com o balanço do mercado mobile 2019.

Com nossas vidas cada vez mais on-line, o smartphone se tornou algo extremamente pessoal, considerando todos os dados que armazenamos em apps. Confira como foi o ano de 2019 para o mercado de aplicativos e o que esperar de 2020.

O mercado mobile

A necessidade de utilizar aplicativos diferentes de redes sociais e jogos teve início em 2018, quando houve um boom nas compras on-line. Por isso, 2019 já iniciou com um mercado mobile promissor, com diversas chances para empresas e novidades aos usuários.

O Brasil divide o segundo lugar com a Índia de país com maior quantidade de downloads absolutos no terceiro trimestre de 2019. Esse dado aponta um campo fértil para quem deseja estabelecer seu aplicativo no setor.

Mas mesmo adquirindo mais aplicativos de serviços, os de redes sociais e jogos ainda dominam o mercado mobile no Brasil. Já o segmento que tem ganhado mais espaço é o de finanças, por conta de sua utilidade e praticidade.

Desafios que serão herdados por 2020

Mesmo com o alto índice de downloads, o engajamento dos brasileiros nos apps será desafiador. Com a grande concorrência — que só tende a aumentar — será cada vez mais difícil manter a atenção dos usuários em seu aplicativo.

Outro ponto a ser desenvolvido serão as compras em aplicativos, que apesar de aumentarem a cada dia, ainda não atingiram um patamar de maturidade desejável para o mercado nacional.

Faturamento de 2019

Ambas as stores apresentaram um aumento em seus números de downloads. No entanto, a loja da Apple se mostrou mais rentável que a da Google: foram US$ 56 bilhões de faturamento em todo o ano de 2019, considerando que a receita total do mercado foi de US$ 120 bilhões.

No mercado mobile de 2019, em geral, houve um aumento de 20% na receita gerada pelos aplicativos, comparado ao ano de 2018. O terceiro trimestre alcançou a marca de US$ 23 bilhões. A previsão para os anos seguintes é de US$ 122 bilhões por ano.

E por falar em receita, os apps de streaming também ganharam mercado, e 38% dos usuários de smartphone assinaram algum serviço de filmes ou séries no Brasil. Foi um aumento de 10%, se comparado a 2018.

Os aplicativos de jogos foram os responsáveis por 65% da receita da loja da Apple e de 80% da loja de sua concorrente principal. Para a Google, essa porcentagem representou um aumento de 10%.

O que esperar de 2020

Com o surgimento dos streamings e de sua boa aceitação, esse nicho ficou muito disputado. Tanto que, em 2020, as empresas prometem agir de forma mais agressiva, com parcerias fortes e produção de conteúdos exclusivos.

Os jogos, apesar de serem os grandes responsáveis pela maior fatia da receita do mercado de aplicativos 2019, prometem ainda mais força no ano seguinte. Anúncios importantes já foram feitos, como o lançamento dos serviços Apple Arcade e Google Play Pass.

Acredita-se, ainda, que os aplicativos que trabalham com realidade aumentada e inteligência artificial começarão a marcar mais presença. Isso trará novidades também ao mercado de smartphones.

Espera-se, ainda, que haja o aumento de confiança dos usuários com os aplicativos financeiros. É previsto que carteiras virtuais, corretoras financeiras e bancos virtuais ganhem maior relevância em 2020.

Acompanhe o mercado

Com todas essas novidades, é necessário ficar de olho nas novidades e atualizações para poder antecipar-se. Nosso E-Book Mercado de Apps: O que vimos em 2019 e tendências para 2020 oferece comparativos entre o mercado mobile 2019 e expectativas para o novo ano.


Fique por dentro de todas as novidades

Quer saber o que mais podemos
oferecer para o seu APP?

Agende uma reunião