fbpx

Como otimizar seu app nas app stores?

Postado em 15 de junho de 2018.

O número de dispositivos móveis explodiu e o de aplicativos acompanhou esse boom. As pessoas gastam cada vez mais tempo (e dinheiro) com aplicativos em seus aparelhos. Mas, como fazer com que eles sejam encontrado? Otimizando o apps!

A otimização de aplicativos é o processo que a maioria dos aplicativos usam para fazer com que usuários de qualidade o encontrem, isto é, aqueles que realmente têm potencial para usar seu produto e tirar o melhor proveito dele. Pois bem, e como é que a gente faz isso?

Entendendo o processo de indexação e descoberta

Antes de tudo é preciso saber que as app stores fazem a indexação de maneira diferente. A da Apple não é igual a do Google Play.

Mas algumas coisas são iguais: ambos usam elementos que são controláveis, já outros você não pode mudar, como a velocidade do download e as avaliações do aplicativo.

A primeira coisa a fazer é ter bem claro o seu público-alvo. Em seguida, as palavras-chave e os termos procurados e os recursos buscados ao procurar aplicativos parecidos com o seu.

A maior parte das buscas nas lojas de aplicativos é feita usando termos que focam em aspectos que têm a ver com a função que os usuários procuram.

A funcionalidade de um aplicativo pode não ser a mesma do produto disponível na web, mesmo que o produto se enquadre na mesma categoria. Por isso, o ranqueamento pode ser bem diferente nos dois ambientes, mesmo que você tente usar as mesmas palavras-chave.

Agora, vamos às diferenças de cada uma e às dicas para que você possa se destacar em cada uma das lojas de aplicativos:

Apple Store

  • Escolhendo o nome e o título

A listagem na loja da Apple tem muito a ver com o nome do aplicativo, a palavra-chave escolhida e a descrição do app. Um truque para escolher o título é o seguinte formato:

“nome do App –  1 #característica + 2 #recurso”

Na hora de escolher, pense na característica que seu público-alvo procura na app store que seu aplicativo oferece.

Por exemplo, se seu aplicativo é um editor de foto, o nome da loja pode ser “FOTOX #editor de fotos #filtros incríveis”. Sempre adicione uma tag com o que você deseja destacar em relação à funcionalidade ou utilidade do app e aos recursos que ele oferece.

Identificar os recursos centrais no nome do aplicativo vai ter um impacto grande na maneira como a app store vai indexar seu aplicativo e, com certeza, vai ajudar muito na hora de converter views em downloads.

  • Escolhendo as palavras-chave

O campo de palavras-chave é exclusivo para a Apple e é utilizado para indexar o seu aplicativo, mas não é visível na Apple Store ou no iTunes. Você pode usar 100 caracteres e as palavras são separadas com vírgulas, assim:

“editor, de, fotos, com, filtros, incríveis, super, fácil, de, usar, e, muito, divertido”

Mire nas frases e termos completos, mas coloque as palavras-chave separadamente. Usando o exemplo acima, o aplicativo seria indexado para buscas como “editor de fotos”, “filtros incríveis”, “fácil de usar”, “muito divertido”.

  • Criando a descrição

Mais do que um ponto para ajudar no posicionamento, a descrição do app é a sua chance de falar mais sobre o melhor do seu app e explicar o contexto do funcionamento dele (o que ele faz, como funciona, quais são os diferenciais, como ele pode ajudar a vida do usuário ou proporcionar diversão…).

Uma ótima maneira de demonstrar a relevância das palavras-chave é usá-las para reforçar os pontos fortes do seu app na descrição. Essa é a hora de falar sobre os recursos que você oferece e caprichar na chamada.

Os reviews da Apple para os aplicativos são feitos manualmente, um a um. Nada de robozinhos. Para classificá-los, eles olham se a descrição valida as palavras-chave escolhidas e usadas no nome do seu aplicativo e no campo de palavras-chave.

Se as palavras-chave não aparecem na descrição, a Apple pode rejeitá-las e você pode acabar perdendo seu ranqueamento e suas classificações. Por isso, atenção no que vai escrever.

Google Play

  • Escolhendo o título

Na Google Play, o título também conta muito, assim como as descrições. Aqui, o título tem que ser bem mais resumido – são apenas 50 caracteres. Foque no nome do aplicativo e na característica mais importante.

  • Uma breve descrição

Essa descrição mais curta é unicamente para o ranqueamento da Google Play Store e faz a maior diferença em como seu aplicativo será indexado. As palavras-chave que você usa nesse espaço mais restrito são consideradas mais importantes.

Lembrando que a mais relevante de todas deve estar no título – as secundárias, digamos assim, mas que são tão importantes quanto.

Na prática isso quer dizer que se a característica fundamental está no título do aplicativo, as palavras-chave relacionadas aos recursos adicionais e às frases e termos estratégicos devem estar aqui.

  • A descrição maior

São 4 mil caracteres para a descrição detalhada. Assim como a Apple, o Google também se baseia em grande parte nas palavras que você usa nessa parte para determinar quais palavras-chave serão usadas para classificar seu aplicativo e dar visibilidade a ele. É bem parecido com o SEO tradicional.

Vamos falar de design

É nesse ponto que as duas maiores app stores do mercado são praticamente iguais. Os requisitos de posicionamento de ambas levam em conta pontos como os ícones do app usados e os screenshots.

E não é para menos: a otimização das imagens são importantíssimas para atrair o público-alvo e gerar conversão.

Otimizar um app não é tarefa fácil, devido ao grande número de etapas e por ser um processo contínuo. A sorte é que o RankMyApp está aí para ajudar! Faça uma análise personalizada com um dos especialistas em App Store Optimization.