fbpx

Diferenças entre as lojas de app: Apple Store e Google Play

Postado em 24 de abril de 2018.

Sem tempo para ler o artigo inteiro? Aperte o play e ouça a versão em áudio.

Se você quer criar apps, é importante que saiba como funcionam as lojas de apps, tanto a Apple Store quanto no Google Play.

Não estamos aqui para dizer qual é o melhor, mas será fácil de perceber a diferença que se pode encontrar entre as duas na questão de disponibilidade de screenshots, vídeos e palavras-chave. No entanto, isso não deve ser nenhum impeditivo para desenvolver aplicativos em ambos os programas.

Confira abaixo quais são as peculiaridades de cada loja para escolher suas palavras-chave, screenshots assertivos e investir em atualizações, que acabam afetando seus ratings e reviews.

Atualização de palavras-chave na App Store

Defina muito bem quais são as palavras-chave de seu aplicativo na Apple Store antes de enviar uma nova atualização, pois, senão, terá que disponibilizar uma nova atualização só para inserir novos termos

Em resumo, se você quiser atualizar as palavras-chave do seu aplicativo na Apple Store, então terá que disponibilizar uma nova atualização dele a cada mudança.

Independentemente de não ter alterado o código do aplicativo, ainda assim, vai ter que apresentar uma nova atualização e esperar o processo de avaliação.

Outro detalhe importante é que a Apple usa como referência para suas palavras-chave um campo determinado de keywords. Lá, o tamanho máximo é de 100 caracteres e existem algumas melhores práticas a serem seguidas, por exemplo:

  • Não repetir as palavras-chave que estão no título de seu aplicativo ou nome do desenvolvedor. Use o máximo que conseguir dos 100 caracteres disponíveis para colocar novas palavras;
  • Separar cada palavra por vírgulas,.
  • Remover espaços antes e depois da vírgula.

 

Avaliações zeradas a cada atualização

Um outro problema que a atualização de palavras-chave traz é que a média de classificação do seu aplicativo exibida no resultado de buscas será zerada, mas não se preocupe, pois ainda assim a média global de classificações (as já existentes) ainda estará disponível.

Google Play Store não zera avaliações

Diferente da Apple Store, o Google Play não zera as avaliações a cada atualização. Ele mantém as notas de todas as versões independentemente do número de avaliações.

Tamanho do título no iOS

Ele tem no máximo 255 caracteres e é importante ressaltar que você terá uma classificação maior se as palavras-chave estiverem incluídas no título do aplicativo, mas não despeje-as  somente no seu título, pois a Apple rejeitará, taxando o aplicativo como um spam.

Crie um título que forme uma frase que contenha essas palavras-chave. Utilize todos os caracteres para, assim, encontrar um equilíbrio. Um nome longo pode parecer spam, já um curto não te dá muitas possibilidades de palavra-chave.

Título na Google Play

Assim como lojas para iPhone, o rankeamento terá mais relevância caso contenha palavras-chave no título do aplicativo. A diferença aqui é que o Google Play limita para 30 caracteres o número de palavras do título. Portanto, para lojas de app Android, você tem que ser muito mais seletivo na escolha das palavras-chave.

Descrição na Google Play

As palavras-chave de seu aplicativo no Google Play são utilizadas a partir da descrição do aplicativo e existe um limite gigante, de 4000 caracteres. Então, você tem um bom espaço para descrever o seu app. Divirta-se!

Porém, não é por isso que você irá entupir a sua descrição com palavras-chave sem sentido. Busque as melhores palavras para o seu app com o RankMyApp e escreva um texto bem descritivo encaixando-as.

Screenshots podem ser alterados à vontade no Google Play

Os desenvolvedores podem incluir screenshots a qualquer momento em que estiverem alterando seus aplicativos, diferente do iOS, onde temos que criar uma nova atualização.

Ninguém quer ter que enviar uma nova atualização de aplicativo para mudar um único screenshot, e no Google não temos esse problema.

Para aplicativos de considerável complexidade isso é ótimo. Sempre use o máximo de screenshots possível, porque eles são bons instrumentos para convencer o usuário a baixar o aplicativo.

Estatísticas públicas na Play Store

O Google Play tem um ótimo indicador de popularidade, que é a estatística de downloads da página de cada app. Ele é mostrado como se fosse uma medalha, um crachá, algo diferenciando-o, e é um excelente indicador da popularidade do aplicativo.

É uma pena que não tenha nada disso na Apple Store, pois facilitaria muito saber qual aplicativo é mais popular para se escolher e se basear.

Simplicidade

O Google Play possui um campo específico para um resumo rápido para aqueles usuários que não gostam de ler a descrição longa. Um problema que se encontra na Apple Store é que para ler melhor a descrição você tem que clicar no botão “Leia mais”, ou seja, não tem um resumo rápido definido do que o aplicativo propõe.

Vídeos

O Google Play permite que se insiram vídeos promocionais de qualquer tamanho, o que é bom, pois tanto os aplicativos e screenshots mais complicados precisam de vídeos maiores, mais explicativos, enquanto os da Apple Store mais são curtos.

Se você precisa de maiores detalhes sobre o aplicativo, mais uma vez o Google Play sai na frente, enquanto terá que economizar tempo e tamanho na App Store.

Podemos observar com essas comparações que o Google Play acaba sendo mais simples na hora de disponibilizar um aplicativo, facilitando a atualização de dados e sem restringir palavras-chave, dando possibilidade das buscas trazerem muito mais retorno para seu produto.

Mas existem também outros fatores a considerar como o público-alvo do seu app, que é bem diferente entre os sistemas operacionais. De toda forma, é importante conhecer as diferenças entre as lojas para decidir a estratégia dos seus aplicativos.

E você? O que acha das diferenças da App Store e do Google Play? Independentemente das diferenças, é válido lembrar que ter o seu app nas duas plataformas é fundamental.

Até porque, as técnicas de ASO estão aí para te auxiliar na otimização do app nas duas plataformas. Falando nas app stores, separamos um E-book sobre os principais elementos de otimização para o seu app! 

: