fbpx

IOS 14 chegou: como ele afeta as estratégias do seu app

Postado em 9 de julho de 2020.

186{icon} {views}

A WWDC 2020 aconteceu — remotamente — em junho, anunciando a chegada do IOS 14. Mesmo estando prevista para ser lançada oficialmente em setembro, a atualização já está rendendo comentários e novas criações de estratégias de marketing entre os especialistas mobile.

Isso porque as mudanças afetarão especialmente o sistema de busca de aplicações móveis na Apple App Store, o que pode interferir na aquisição orgânica de usuários. O RankMyAPP separou as principais novidades sobre o novo IOS e como elas influenciam no trabalho de ASO (App Store Optimization) e campanhas de mídia. Confira.

Diretrizes de privacidade

Uma das grandes mudanças anunciadas no evento, que foi transmitido nos principais canais da Apple (inclusive no YouTube, pela primeira vez na história), foi sobre a maior clareza nas diretrizes de privacidade dos aplicativos, que serão descritas na página de download. Entre elas, estão:

  • Quais informações do usuário serão coletadas, como seus contatos,
  • Dados de localização que podem ser utilizados para rastreios em outros apps e sites.

No entanto, essa novidade traz grandes mudanças para os especialistas mobile. Caso os usuários optem por não aceitar as condições propostas nas diretrizes — cerca de 10% do público tende a aceitar as condições —, as publicidades serão afetadas, uma vez que não será possível trabalhar com as informações coletadas pelo IDFA (“identificador para publicidade”, em português).

Dessa forma, as empresas não terão mais como entender e avaliar o desempenho de suas campanhas publicitárias, uma vez que o modo “limitar o rastreamento de anúncios” será ativado.

Atualmente, essa opção pode ser ativada pelo usuário nas configurações do aparelho. Porém, com a atualização, a pessoa poderá escolher ativá-la ou não no momento do download. Com isso, não será possível avaliar o comportamento do usuário e, assim, criar campanhas de aquisição ainda mais estratégicas.

Sobre a privacidade, a Mobile Performance Key Account do RankMyAPP, Mariana Carvalho, acredita que essa questão dificultará a mensuração de resultados, mas não será um limitador. “A grande questão é como os players e marcas irão estudar, se adaptar às mudanças e aprender a trabalhar com as ferramentas disponíveis”, afirma a profissional.

Mariana completa afirmando que “a privacidade continuará sendo um tema cada vez mais discutido, e não só a Apple promove a proteção de seus usuários, como também temos a LGPD batendo em nossa porta, e precisamos estar preparados”.

Cards em destaque

No IOS 13, a segunda sugestão de aplicativo fica logo abaixo do card collection, em destaque, e com o lançamento do IOS 14, esse mesmo app destacado aparecerá depois de duas outras opções e sem qualquer destaque. Apesar de parecer sem importância, acredita-se que essa mudança afetará os índices de downloads orgânicos.

Isso porque, na primeira opção, os usuários tendiam a fazer o descarregamento do app apenas com um clique, considerando seu destaque. Além disso, era a primeira opção visualizada, o que aumentava ainda mais as chances de o aplicativo ser instalado.

Com a atualização do IOS, a aplicação móvel (que antes era a única da página) passou a ocupar a terceira colocação. Com essa mudança, será preciso repensar todo o trabalho de ASO do app, uma vez que não terá a visualização de antes e, assim, poderá ter menos downloads.

Sobre esse tópico, a Mobile Growth Specialist do RankMyAPP, Laura Kemp, aponta que essa atualização poderá ser prejudicial para alguns aplicativos: “O destaque maior da atualização está nos cards de listas. Como é uma nova funcionalidade que já direciona o usuário para apps específicos, os que estiverem nessas listas ganharão mais destaque, enquanto que os demais resultados orgânicos acabam ficando em segundo plano”.

ios 14

App Clips

O App Clips é uma das grandes novidades do IOS 14. Ele será uma espécie de prévia do aplicativo, onde o usuário poderá utilizar algumas das funções e serviços da aplicação móvel, como uma compra com desconto ou uma reserva em hotel, mas sem a necessidade de fazer seu download.

Sobre essa atualização, Mariana acredita que será importante para a evolução do “trackeamento” de informações. “Isso porque ali, naquele pedacinho de app, acontecerá grande parte da mensuração de resultados das campanhas, principalmente quando o assunto é transação”.

A profissional diz, ainda, que “isso significa que plataformas precisarão ser adaptadas para coletar a informação do usuário na impressão/click, e posteriormente identificar uma ramificação em seu caminho”.

Correção automática

Outra novidade que renderá trabalho extra na criação de estratégias para o mobile é a correção automática na busca dentro da store. Com o IOS 14, a digitação será automaticamente corrigida e, com isso, exibirá apenas os termos corretos de pesquisa.

Apesar de não parecer influenciar no ASO, essa atualização acabará com algumas estratégias utilizadas até o momento. A mais comum era a de classificação de grafias erradas. Ou seja, se antes o nome de um aplicativo fosse digitado errado, ele teria chances de ser encontrado, uma vez que os especialistas mobile se utilizavam desses erros para criar estratégias.

Porém, com o IOS 14, os resultados serão apresentados com base no termo digitado corretamente — a não ser que o usuário clique no link de “você realmente quis dizer isso”, como acontece nas buscas realizadas no Google. Ou seja, com essa atualização, as chances de um app se classificar melhor nas buscas acabam diminuindo.

Outra novidade é a opção “autocompletar”, no campo de busca dentro da Apple Store. Sobre isso, a Mobile Intelligence Strategist do RankMyAPP, Mônica Lima, afirma que “a mudança do mecanismo de busca para considerar autocomplete e os cards de listas nos resultados devem alterar substancialmente algumas estratégias e mover o ponteiro no canal de aquisição orgânica de navegação”.

Processo de revisão

Com a chegada do IOS 14, a Apple poderá contestar algumas diretrizes específicas, caso o seu aplicativo seja rejeitado. Porém, também é possível recorrer à contestação, provando que não há nenhuma violação e que o aplicativo está apto a integrar a listagem da App Store.

As correções críticas serão aprovadas, desde que não tenham problemas legais. Porém, para lançar a versão seguinte de seu aplicativo, será necessário corrigir todas as violações apontadas.

Fórum para os especialistas mobile

Serão criados canais adicionais para que os especialistas mobile possam compartilhar suas ideias, questões e sugestões quanto aos serviços Apple. Assim, a empresa poderá contribuir com melhorias para os donos dos aplicativos.

Assinaturas e compras de app em família

Com a atualização do IOS 14 será possível compartilhar assinaturas de aplicativos, o que poderá implicar na diminuição de receitas dos donos de aplicações móveis. Porém, o especialista mobile terá a opção de ativar a função no App Store Connect, uma vez que ela vem desativada (configuração padrão).

Mas é importante se atentar ao optar por ativar o compartilhamento de assinatura familiar, pois ela não poderá ser desativada posteriormente!

Mantenha-se informado com o RankMyAPP

Gostou de saber mais sobre as novidades do IOS 14? Então, assine nossa newsletter para se manter sempre informado sobre as principais notícias do mercado mobile!

E para entender melhor a necessidade de criação de estratégias para cada uma das lojas de aplicativos, clique aqui e confira nosso e-book exclusivo: Elementos de otimização na Play Store e AppStore.


Posts Relacionados

Related Posts

Artículos Relacionados