fbpx

Confira alternativas de como monetizar um aplicativo

Postado em 14 de julho de 2020.

2.3k{icon} {views}

Atualmente, para obter um retorno financeiro com uma aplicação móvel, é necessário pensar em formas de como monetizar um aplicativo, mesmo ele sendo disponibilizado gratuitamente nas principais stores.

O mercado oferece diversas opções de monetização de aplicativos. Por isso, o RankMyAPP separou algumas alternativas que podem te render lucros, independentemente do segmento de seu app. Confira a seguir!

In-App ads

O formato In-App ads pertence ao grupo dos mais tradicionais. Ele consiste em espaços publicitários disponibilizados dentro de um app. Em outras palavras, é possível vender locais específicos dentro de seu aplicativo para a divulgação de outras aplicações móveis.

Nesse caso, durante a navegação no app, aparecem ads em forma de banners e vídeos — de uma forma que seja rentável, mas que não faça o usuário perder o interesse no aplicativo. O AdNetworks é uma das formas de disponibilizar tais propagandas.

In-App Purchases

O formato de In-App Purchase consiste na disponibilidade gratuita do app nas stores. No entanto, ao utilizar a aplicação móvel, os serviços oferecidos são pagos. Alguns exemplos de aplicativos que fazem uso desse método são a Rappi e a 99.

Porém, esse formato comporta outros métodos de cobranças, como os apps freemiums e os de assinatura. Geralmente esses dois tipos se fazem mais presentes em apps de games e streamings. Entenda melhor sobre essas formas de monetizar um app:

Freemium = Free + Premium

O formato freemium consiste em um app com download gratuito, mas com algumas funções pagas. Nesse caso, as pessoas não precisam pagar pelo download do aplicativo, mas para fazer uso de algumas funções, sim.

Esse formato é encontrado em games, onde é possível comprar mais vidas ou um conjunto de poderes, por exemplo. Atualmente, porém, os aplicativos freemiums estão cada vez mais populares, e diversos segmentos fazem uso deles, como editores de imagens e organizadores.

O objetivo com os apps freemiums é fazer com que o usuário conheça melhor as funções oferecidas pelo aplicativo e, assim, se sinta motivado a comprar determinados serviços ou, até mesmo, fazer a assinatura da aplicação móvel.

Assinaturas

Netflix, Amazon Prime, Deezer e Spotify são alguns dos exemplos de aplicativos de assinatura. Não há qualquer custo para o seu download, mas só é possível utilizar seus serviços após a contratação de um pacote.

como monetizar um aplicativo

Mesmo oferecendo um teste de 30 dias, esses formatos se diferem dos freemiums porque, após um determinado período, a possibilidade de conhecer melhor os serviços oferecidos pelo aplicativo gratuitamente se expira.

Apps pagos

Diferentemente dos aplicativos que oferecem serviço de assinatura, os pagos são aqueles que cobram no momento de realizar o download, mas não costumam ter demais cobranças dentro do app.

É comum encontrar apps que ofereçam o formato free e o pro. Nesse caso, geralmente a oferta feita pelo segundo formato é a “livre de anúncios”. Porém, isso não é uma regra. É possível que uma aplicação móvel paga não possua uma versão gratuita ou que ofereça mais vantagens além do free ads.

M-Commerce

A venda de produtos através do mobile tem ganhado destaque nos últimos tempos e, por isso, não poderia deixar de ser mencionada nesta lista. Com download gratuito, os apps de m-commerce são monetizadas através das vendas realizadas. Alguns exemplos são os apps Magazine Luiza, Zoom e Renner.

Para entender melhor como conseguir um bom faturamento com o m-commerce, confira o e-book exclusivo que o RankMyAPP preparou sobre o tema: estratégias de vendas por apps. Clique aqui e acesse o material.

Campanhas e KPIs

As campanhas de aquisição e rentabilização são uma ótima forma de alavancar os lucros de seu aplicativo. Se feito com os KPIs corretos, é possível atingir públicos mais qualificados para o segmento do app, além de gerar um uplift da aquisição e visibilidade do app nas lojas.

Com base em seu objetivo — se maior número de conversões, geração de leads qualificados e afins — os especialistas do RankMyAPP conseguem analisar o comportamento do usuário dentro de seu aplicativo e definir os tipos de campanhas pagas mais adequadas para ele.

Conte com a ajuda do RankMyAPP

Ter como monetizar um app é algo que pode parecer simples, mas que demanda muita análise, estudo e conhecimento técnico para que o retorno seja o esperado. Por isso, o RankMyAPP conta com diversos modelos de campanhas, que possibilitam atingir diferentes públicos e formatos de compras.

Além disso, contamos com profissionais e tecnologia totalmente especializada em decisões com foco em performance, para divulgar corretamente aplicativos de todos os formatos de monetização.

O RankMyAPP trabalha com os principais modelos de campanhas disponíveis no mercado, além de identificar, junto ao cliente, os melhores KPIs para sua campanha. Fale com um de nossos especialistas e obtenha mais informações sobre nosso formato de trabalho e parceiros integrados de ferramentas de atribuição.


Posts Relacionados

Related Posts

Artículos Relacionados