-->

Novidades e tendências sobre tecnologia e aplicativos

Mobile Marketing

Como funciona a jornada do usuário no mobile?

14 de junho de 2021

A jornada do usuário tem um papel fundamental para melhorar as interações dentro do aplicativo. Afinal, é por meio dela que o usuário utiliza o app, seja para consultar dados, adquirir produtos ou serviços.

Pensando nisso, o RankMyAPP preparou um guia completo sobre o assunto para que você conheça mais sobre o mapa da jornada do usuário e, a partir dele, possa aprimorar seu aplicativo para oferecer uma navegação mais fluida e assertiva. Confira!

Por que é importante mapear a jornada do usuário?

O principal objetivo do app é entregar uma boa experiência ao usuário, com um processo de navegação simples e claro para gerar a conversão.

Ao mapear cada etapa da jornada do usuário, é possível compreender com clareza as preferências e necessidades dele. Além disso, existe a possibilidade de captar bugs, gaps e fluxo de telas quebrados, que tornam a experiência confusa.

Para isso, é importante avaliar cuidadosamente cada etapa da jornada do usuário e realizar as correções e atualizações necessárias no aplicativo.

Entenda os estágios da jornada do usuário

Existem alguns estágios que definem a jornada do usuário no app, desde a instalação até a desinstalação e a reinstalação. Veja a seguir algumas dessas etapas:

1. Instalação e integração

Essa é a primeira etapa: o momento em que o usuário decide fazer a instalação e, em seguida, abre o aplicativo. Aqui, ele é introduzido à interface do app e pode realizar a primeira ação.

Nessa fase, é importante conquistar o usuário já na appstore, desde o título do aplicativo, passando pela descrição, até elementos visuais como o ícone e os screenshots (as imagens que servirão para ilustrar as funcionalidades do aplicativo).

Para isso, são utilizadas técnicas de ASO (App Store Optimization) com palavras-chave que tenham relação com aquilo que o aplicativo oferece. Além do ASO, é necessário mostrar, desde o começo, tudo o que o app pode fazer pelo usuário, senão as chances de desinstalação aumentam.

jornada-do-usuario

2. Ativação

O estágio da ativação é quando os usuários acabam de realizar a primeira ação no app e entendem qual é a proposta principal dele. Dependendo de como for sua User Experience, eles podem se tornar usuários engajados, se decidirem que o app é, de fato, útil para o dia a dia.

Por isso, essa é uma das etapas mais importantes da jornada, que determina a fidelidade ao aplicativo ou não. Ao tornar um usuário ativo, há a possibilidade de conversão para que ele passe a pagar por mais funcionalidades do app.

3. Uso ocasional

Já a etapa do uso ocasional do app pode ser descrita como o momento em que o usuário passa a diminuir cada vez mais o número de vezes em que abre o app e realiza ações. São os primeiros sinais de que ele não é mais tão engajado e talvez comece a demonstrar certo desinteresse.

Todo aplicativo que possui uma base relativamente grande de usuários e que já exista há algum tempo está sujeito a passar por essa etapa. Afinal, pode ser que as necessidades desses usuários mudem com o tempo e as funcionalidades do app deixem de ser úteis.

Como monitorar a jornada do seu usuário

Monitorar a jornada do usuário e a UX — User Experience — é fundamental para aprimorar os resultados do seu aplicativo. Para isso, confira alguns passos para mapear as etapas de navegação do usuário.

1. Use ferramentas para analisar a navegação do usuário

Utilizar ferramentas UX para monitorar a jornada do usuário é indispensável para compreender como é a interação dele com o aplicativo. Uma delas é o Hotjar, um site que permite captar a navegação do usuário durante o uso do app.

Desse modo, é possível compreender quais informações estão ou não claras para o usuário e se, em algum momento, ele se perde durante o fluxo de navegação.

2. Aplique testes de usabilidade

Outra forma de avaliar como está sendo a experiência do usuário é aplicar testes de usabilidade. Um dos mais utilizados é o Teste A/B, que permite verificar a compreensão e a navegação de dois tipos de telas, por exemplo.

3. Análise de reviews e comentários

Analisar os ratings e reviews do seu aplicativo é uma boa forma de compreender as principais queixas apresentadas pelos usuários durante um fluxo de tela. Para isso, é importante observar cada um deles e trabalhar com estratégias específicas para um melhor desenvolvimento do app.

O que fazer após o mapeamento?

Ao encerrar o mapeamento da jornada do usuário, é preciso pensar em estratégias para mantê-lo ativo, conquistar novos e convencer antigos usuários a reinstalarem o app. Então, é necessário utilizar técnicas de mobile marketing, como o ASO, que atuarão desde o primeiro contato com o público-alvo.

Para isso, você pode contar com o RankMyAPP, que atua auxiliando seu app a conquistar um melhor ranqueamento nas buscas e também no desenvolvimento de estratégias específicas para fidelizar os usuários.

Entenda na prática como podemos ajudar lendo o case do aplicativo El Trocador. Assim, você poderá saber mais sobre como foi possível aumentar em quatro vezes o número de visualizações do app na Play Store utilizando a análise de comportamento dos usuários.


Fique por dentro de todas as novidades

Quer saber o que mais podemos
oferecer para o seu APP?

Agende uma reunião