-->

Novidades e tendências sobre tecnologia e aplicativos

Mobile Marketing

Conheça quais os critérios das stores para remover apps

26 de janeiro de 2021

Constantemente, milhares de aplicativos são criados ao redor do mundo. Isso fez com que as stores ficassem ainda mais rígidas com os critérios para aceitar ou remover apps de seu catálogo, com o objetivo de garantir a segurança dos usuários.

Mas, afinal, quais são esses critérios? São muitos os fatores que podem ser levados em consideração no momento da store decidir se mantém o aplicativo em seu catálogo ou não, mas a razão principal é a segurança e a boa experiência do usuário.

O que faz um app ser removido ou rejeitado das stores?

Antes de mais nada, é importante saber que cada loja de aplicativo age de maneira diferente. Às vezes, a Google Play Store pode ter um critério diferente daqueles da Apple Store, por exemplo.

Basicamente, uma loja pode remover aplicativos quando eles têm intenções ruins por trás da sua função. Exemplo é o InstaAgent, que prometia informar quem havia visitado seu perfil no Instagram, mas coletava e armazenava senhas e informações dos usuários que o usassem.

Algumas lojas, como a Apple Store, também podem descobrir se o aplicativo não só tem segundas intenções, como também manipula reviews, ratings, copia algo de outro app ou utiliza dados dos usuários sem a autorização deles.

Apps que não possuem certo valor para o usuário também correm o risco de serem banidos ou rejeitados. Isso pode parecer relativo, mas as lojas levam em consideração pontos definidos, analisando com exatidão se a ferramenta tem uma boa quantidade de funções e um conteúdo realmente útil.

Além dos casos de segurança, há outros motivos que levam uma store a remover apps, como:

  • Descrição que não defina com exatidão o objetivo do app,
  • Prints da tela (screenshots) de má qualidade.

Outras razões que causam o banimento dos apps nas stores

A questão da segurança do aplicativo é um ponto muito importante levado em consideração pelas stores no momento de decidir por remover ou não o app de seu catálogo. Mas há outros pontos que são levados em consideração e têm grande relevância durante a análise. São eles:

Classificação correta

Fazer a classificação correta do aplicativo é fundamental para que seu app não seja removido das stores, especialmente tratando-se de um voltado para o público infantil.

remover apps

Se o seu app for voltado para crianças e categorizado dessa forma, as stores verificam se há links externos, oportunidade de in-app purchase ou outras frustrações que não fazem parte da real proposta da ferramenta.

Qualidade do design

O bom layout do aplicativo é importante não apenas para gerar conversões, mas para não correr o risco de a store remover os apps. Isso porque artes e outros materiais visuais — como vídeos e screenshots — de alta qualidade são encarados como um ponto de qualidade da aplicação móvel que está sendo oferecida.

Sendo assim, se artes e layout do seu aplicativo não forem bons, há o risco dele sequer ser aceito para integrar o catálogo de apps da store em questão.

Fatores técnicos

As lojas de aplicativo levam em conta também muitos outros fatores, inclusive mais técnicos. Por isso, é importante que sua equipe de desenvolvedores esteja alinhada ao regulamento de cada store.

Todas essas regras podem variar de acordo com a loja do sistema operacional. Para não ter problemas e a plataforma não remover apps da sua empresa, sua equipe de desenvolvedores deve se manter inteirada sobre as normas de cada uma.

O que fazer se a store remover os apps?

Caso tenha acontecido de a store remover apps de sua empresa ou não os ter aceitado, você tem a oportunidade de corrigir o que for necessário para adequá-los às normas e às exigências das stores.

Para isso, é importante você manter um canal aberto de diálogo com as lojas de aplicativos. Assim, é mais fácil você entender o que houve de errado com seu app, além de fazer uma apelação e solicitar nova análise. Só não se esqueça de fazer as alterações assim que a apelação for feita.

O grande porém é que isso só é possível para stores com uma política mais aberta. Isso porque as lojas que decidem excluir aplicativo não têm a obrigação, necessariamente, de avisar antecipadamente sobre a suspensão e a remoção.

Mantenha seu aplicativo otimizado

Entre os demais critérios analisados pelas stores para saber se será necessário ou não remover os apps de seus catálogos, estão ratings, reviews e demais pontos trabalhados no mobile marketing. Com isso, é de grande importância manter um aplicativo otimizado e atualizado.

Para saber mais sobre o tema e receber conteúdos como este, assine nossa newsletter. Receba em primeira mão as nossas publicações e mantenha-se informado sobre os principais temas e novidades do universo mobile.


Fique por dentro de todas as novidades

Quer saber o que mais podemos
oferecer para o seu APP?

Agende uma reunião