Novidades e tendências sobre tecnologia e aplicativos

Tecnologia

A influência da voice search sobre a ASO

14 de fevereiro de 2020

A voice search (ou pesquisa de voz) está crescendo cada vez mais e esse fator linka perfeitamente com o surgimento e adoção dos assistentes virtuais por usuários mobile. Siri, Alexa, Lu e outros são agentes de software que estão entre os mais populares métodos de pesquisa oferecidos pelos smartphones.

De acordo com pesquisa da empresa O Gartner Group, até o fim de 2020, 30% das navegações não serão feitas pela tela, mas sim por sistemas de voz como Amazon Echo e o próprio Google Home. Por isso, nesse texto, você vai saber como usar essa opção de busca on-line a seu favor na hora de rankear seu app nas stores.

Por que a voice search está aumentando

No Brasil, segundo pesquisa da iProspect, 41% das pessoas utiliza assistentes virtuais. Já em relação aos países latino-americanos, 45% das pessoas efetuam buscas por voz nos dispositivos móveis.

Dentre os motivos que fazem as pessoas usarem sistemas de reconhecimento de voz está a possibilidade de realizarem multi tarefas. Os dados colhidos pela iProspect só comprovam isso apontando que 56% das pessoas fazem voice search enquanto dirigem, 55% enquanto assistem TV e 52% enquanto cozinham.

A tendência é que tal porcentagem aumente e que, cada vez mais, essa tecnologia seja capaz de entender, de forma natural e instintiva, o que o usuário deseja. Dessa maneira, homem e máquina estarão ainda mais próximos de estabeleceram uma conversa real.

Estratégia ASO para a pesquisa por voz

Uma das maneiras de começar a otimização do seu app é pela pesquisa em voz feita como pergunta. Isso porque a maioria das buscas em apps stores são feitas dessa forma, tanto por voz quanto por texto. Exemplos são “como eu pego um táxi?” ou “como adestrar o meu cachorro?”.

Para ter ideias de perguntas variadas, procure pensar como seu cliente e que tipo de perguntas ele faria quando estivesse procurando um aplicativo como o seu. Para facilitar, você pode utilizar as palavras-chave que já selecionou na hora do cadastro do seu app nas stores.

Da mesma forma que o jeito de buscarmos informações na internet mudou devido à pesquisa por voz, ela também está reformulando a técnica ASO (que podemos chamar de “voice search SEO para apps”). Saiba a seguir como otimizar o seu aplicativo tendo esse recurso em mente.

Como otimizar seu aplicativo para voice search

Você já sabe a importância de pensar em perguntas que seus futuros usuários fariam ao procurar um app como o seu. Mas, além disso, é importante pensar na classificação dessas palavras. Palavras-chave long tail, por exemplo, são extremamente importantes para a otimização do seu aplicativo.

Preste atenção em como você vai formular as palavras-chave. Seja ela cauda curta ou longa, a linguagem e termos informais podem — e devem — ser consideradas também. Tanto na hora de criar a descrição do aplicativo quanto classificá-lo.

A localização do público-alvo do app é mais um fator a ser levado em conta. Isso porque usuários de regiões diferentes tem jargões e linguagens diferentes, e muitos acabam pesquisando por termos que têm o mesmo significado, mas de formas diferentes. Para isso é preciso estudar muito bem seu target.

Alguns cuidados na reotimização

As long tail keywords são importantes para que seu app seja encontrado por usuários que sabem exatamente o que querem. Mas é preciso entender profundamente seu público-alvo para saber se eles realmente pesquisariam dessa forma. Portanto, use as palavras cauda longa sem descartar as demais.

Se você achar que precisa de ajuda, ou quer saber mais sobre como seu aplicativo pode melhorar o desempenho no quesito voice search, fale com os especialistas do RankMyAPP. Nós criamos um método de otimização especial para as necessidades do seu aplicativo.


Fique por dentro de todas as novidades

Quer saber o que mais podemos
oferecer para o seu APP?

Agende uma reunião