fbpx

Aplicativos lite: vale a pena investir em um formato mais leve?

Postado em 29 de julho de 2019.


Sem tempo para ler o artigo inteiro? Aperte o play e ouça a versão em áudio.

Você já ouviu falar sobre os aplicativos lite? Resumidamente, eles são uma opção mais leve do app oficial. Assim, os usuários conseguem fazer o download de um número maior de aplicativos, pois terão mais espaço de armazenamento no smartphone. Mas por que isso é importante?

De acordo com a 30º Pesquisa Anual do Uso de TI, realizada e divulgada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), em 2019, existem 230 milhões de smartphones em uso no Brasil. Somado aos outros dispositivos portáteis (tablets e notebooks), o número sobe para 324 milhões, ou seja, 1,6 aparelho por habitante.

Uma maioria esmagadora são smartphones com pouco espaço de memória ou usuários com pacotes básicos de dados móveis, o que limita o uso. Por isso, oferecer uma opção mais leve (de tamanho e consumo) possibilita um número maior de aplicativos no aparelho.

Os benefícios de aplicativos lite

Como já dissemos, versões lite de app são mais leves em relação ao aplicativo oficial. Mas como isso é feito pelos desenvolvedores e quais são os benefícios?

A proposta dessa alternativa é oferecer uma opção reduzida para que o usuário consiga fazer o download do app sem ocupar muito espaço da sua memória interna ou precisar gastar todo o seu pacote de dados quando for utilizar.

Para isso, são feitas mudanças no design e excluídos recursos menos utilizados pelos usuários dentro do app. O visual fica mais simples, mas nada que as pessoas não se adaptem com o tempo. O principal é manter as funcionalidades mais importantes do seu negócio.

Alguns apps lite existentes

A escolha por versões de app lite começou pelos aplicativos mais tradicionais, como os de redes sociais. O Facebook Lite, por exemplo, existe desde 2015 e pesa apenas 16,64 MB, contra 373 MB do aplicativo oficial.

Outros nomes conhecidos no mobile e referência em seus segmentos, Spotify e Tinder, também adotaram versões mais leves. Ambos recebiam críticas dos usuários por ocupar muito espaço ou serem muito pesados, o que resultava em um alto gasto da bateria e dados de internet.

Confira a lista dos mais conhecidos e melhores aplicativos lite:

  • Facebook Lite;
  • Facebook Messenger Lite;
  • Spotify Lite;
  • Tinder Lite;
  • YouTube Go;
  • Google Go;
  • Google Maps Go;
  • Gmail Go;
  • Twitter Lite;
  • Uber Lite;
  • Instagram Lite;
  • Skype Lite,
  • entre outros.

Aplicativos leves também são comuns no segmento de edição de fotos e jogos – por serem mais pesados. Vale destacar que o WhatsApp é o único entre os mais baixados que não possui a opção mais leve até o momento.

Então vale a pena criar aplicativos lite?

Depende. Se o seu aplicativo for pesado e você já tiver recebido muitos reviews dos usuários sobre o espaço que ele toma no celular, pense na necessidade de uma versão mais leve – principalmente se for identificado que essa está sendo a causa de muitas desinstalações.

É importante também se atentar aos concorrentes. Se todos (ou a maioria) oferecem uma versão lite, você estará em desvantagem ao não ter uma para o app, e isso pode pesar no momento de escolha do usuário.

Com essas duas justificativas, vale a pena criar o app lite, sem dúvida alguma. Mas se não há um alto número de desinstalações, os usuários não estão fazendo reviews negativos sobre o tamanho do app e, principalmente, nenhuma funcionalidade pode ser excluída, a necessidade do aplicativo lite é nula.

Conte com o RankMyApp!

Para lhe ajudar com todas as dúvidas sobre mobile marketing, assine a nossa newsletter e fique por dentro de tudo sobre o assunto. Somos uma empresa referência em mobile e estamos prontos para orientá-lo sobre quaisquer dúvidas do seu aplicativo.

: