fbpx

As principais razões para aderir ao modo noturno

Postado em 4 de março de 2020.

80{icon} {views}

Há algum tempo, aplicativos passaram a oferecer a opção de modo noturno aos usuários. Também conhecido como dark mode, a tonalidade mais escura acabou agradando ao público. Isso fez com que demais plataformas e até mesmo sistemas operacionais se adaptassem ao modo.

A princípio, esse modo foi criado para ser utilizado apenas à noite (por isso o nome), para que os usuários utilizassem o celular de maneira mais confortável e, ainda, não sofressem com os efeitos da luz azul que é emitida no modo tradicional de exibição.

Entretanto, com o conforto que o modo noturno proporciona à nossa visão, a maioria dos usuários adotou a opção ao longo do dia. Os aplicativos mais utilizados no momento já se adaptaram ou estão em processo de adaptação, como é o caso do Whatsapp em modo noturno.

O que é modo noturno

O modo noturno é uma alteração temporária no esquema de cores dos softwares exibidos. O tradicional fundo branco com letras pretas é trocado por uma interface de cores escuras, que variam entre o preto e o cinza. Além disso, o brilho também é reduzido.

Essa condição foi criada para proporcionar conforto à visão dos usuários de smartphones, especialmente daqueles que passam muito tempo em frente à tela do celular. Tal conforto é notado principalmente quando utilizados em ambientes com baixa iluminação.

Vantagens do modo noturno

Além de evitar que a visão do usuário fique cansada em menor tempo, o modo noturno oferece diversas outras vantagens, como, por exemplo, a diminuição do consumo da bateria do aparelho. Por conta da redução do brilho das telas, a economia de bateria pode ser de até 30%, comparado com o modo tradicional.

O canal Phonebuff divulgou um vídeo onde é feito um teste de bateria, em smartphones de mesmo modelo. Ambos os aparelhos utilizaram os mesmos aplicativos, porém, um no dark mode e o outro, no modo tradicional.

Os aplicativos de mensagem, Twitter, YouTube e Google Maps foram utilizados, cada um, por duas horas. Ao final do teste, a bateria do aparelho que estava com o modo tradicional acabou antes de completar o tempo de uso do app, enquanto o celular que estava com o modo noturno ainda tinha 30% de bateria.

Benefícios à saúde do usuário

O modo de exibição tradicional nas telas emite uma luz azul que, quando exposta de maneira prolongada, pode deixar a visão mais “cansada” em um menor intervalo de tempo, além de olhos secos, dificuldade em focagem visual e até causar danos às células da retina.

Quando a cor branca é dominante, a íris é contraída para que haja menos incidência de passagem de luz e, assim, faz com que o conteúdo da tela fique mais nítido. Quando as cores escuras são predominantes, acontece o efeito contrário.

Além disso, a luz azul faz com que os usuários de smartphones passem mais tempo alerta e, por conta disso, o uso de aparelhos celulares durante a noite, sem o modo noturno ativado, pode proporcionar menos horas de sono.

Sistemas operacionais estão oferecendo modo noturno

O modo noturno no Iphone ficou disponível na atualização do iOS 13. A possibilidade de alteração de cores do sistema operacional se estendeu, ainda, a alguns aplicativos, como o Instagram, que adapta seu modo de exibição de acordo com as configurações do sistema operacional do aparelho.

Já o modo noturno no Android chegou em sua versão 10. Mas, os usuários de versões mais antigas do sistema operacional também podem ativar o modo noturno, mas para isso, é necessário a utilização de outros aplicativos.

Fique por dentro das novidades

Para ficar por dentro das principais notícias do universo mobile, acompanhe o blog do RankMyAPP! Assine nossa newsletter e saiba de todas as novidades relacionadas à tecnologia e demais temas do segmento.


Posts Relacionados

Related Posts

Artículos Relacionados