Como a transformação digital tem mudado as empresas e a sociedade

Sem tempo para ler o artigo inteiro? Aperte o play e ouça a versão em áudio.

A transformação digital é um processo que tem se tornado parte do cotidiano das pessoas e organizações, em que tarefas burocráticas e processos complicados têm sido simplificados.

Ter algum tipo de presença digital não é o único fator para impulsionar o seu business. Atualmente, disponibilizar um app com soluções de problemas é de suma importância para que um relacionamento duradouro com seus clientes seja construído.

A transformação digital tem sido uma facilitadora em diversas áreas, como  atendimento ao cliente, cadeia de processos e suprimentos, distribuição e promoção de produtos e serviços de diversos tipos, comunicação interna na empresa, etc.

Gerar experiências únicas para os consumidores pode aumentar fortemente a lembrança de marca, pois elas geram valor e permitem que o usuário se identifique com o app.

Uma instituição financeira  lança um aplicativo que permite abrir uma conta corrente, realizar pagamentos e tirar dúvidas sobre o serviço utilizando apenas o celular, é um exemplo disso.

A importância da experiência do usuário (UX)

Até pouco tempo atrás, as pessoas iam a uma agência bancária fazer pagamentos, transferir dinheiro, conversar com o gerente sobre algum tipo de problema que tiveram ou tirar alguma dúvida que surgiu sobre um tipo de investimento, certo?

Existe muita gente que ainda vai a uma agência e prefere que os serviços sejam prestados dessa maneira, frente a frente com uma pessoa.

Porém, a transformação digital dos bancos tem sido acelerada e as instituições financeiras têm se adaptado para oferecer serviços que solucionem os problemas dos clientes de forma rápida e prática por meio de um aplicativo.


Não é para menos, com a agilidade do mundo digital, os usuários de um app podem facilmente compartilhar um comentário negativo sobre uma experiência que tiveram e isso pode influenciar a decisão de outros clientes em potencial.

Neste contexto, é necessário possuir um aplicativo fácil de ser usado, com atualizações constantes em que bugs sejam consertados e que ajude o usuário a otimizar suas tarefas diárias. Assim, é possível perceber a relação da transformação digital e os apps.

Portanto, independente de ser uma empresa de pequeno ou grande porte e do setor que atua, essas instituições devem oferecer serviços ou produtos que facilitem a vida do usuário e gerem valor para eles, para que o cliente seja fidelizado.

Os desafios

O termo “digital” é comumente associado a várias empresas que oferecem produtos e serviços criados nos últimos anos, como Facebook, Netflix e Spotify.

Você deve pensar que essas grandes corporações têm poucos desafios relacionados à transformação digital e o mercado, não? Na verdade, todas as empresas no mundo têm se esforçado na corrido contra o tempo para adaptar-se a esta nova realidade.

De fato, os funcionários e representantes das empresas precisam, mais do que nunca, ter uma atitude digital. O foco em estar presente no mundo digital de maneira organizada e em marketing responsivo são primordiais neste processo de transição do ambiente offline para o online.

Porém, esta mudança não é fácil e existem desafios da transformação digital que podem ser considerados comuns tanto para pequenas tanto para as grandes empresas.

Assim, de forma direta, podemos citar três dos desafios mais importantes para as empresas, que são os parceiros, a burocracia e a falta de planejamento.

Parceiros

Muitos dos parceiros das empresas possuem uma mentalidade tradicional e são resistentes a mudanças. Em geral, eles costumam possuir a crença de que se as coisas têm funcionado muito bem do jeito que estão por anos, não é necessário investir em uma estratégia de transformação digital.

Burocracia

Outro desafio, que é bastante comum em empresas que operam por meio de representantes comerciais, é a burocracia.

Ao  tentar garantir o controle, documentar todas as transações e estar em conformidade com leis e regulamentos externos e internos, o processo torna-se burocrático e pode afastar novos parceiros como os nativos digitais, que trabalham com menos formalidade e costumam focar na entrega de resultados.

Falta de planejamento

O terceiro grande desafio, é que diversas empresas erram ao fazer o mapeamento da complexidade dos seus sistemas e processos de negócio antes de planejar a transição.

Muitos executivos não estão familiarizados com o fato da transformação digital incluir serviços de engajamento e experiência do usuário.

A transformação digital no Brasil

A transformação digital no Brasil ainda está no começo se compararmos a outros países mais desenvolvidos.

Pode-se dizer que estamos na primeira fase, que é a da imitação. Ou seja, o sucesso de empresas como Pagseguro não são inovações criadas no Brasil. Na realidade, são uma espécie de repetição de um modelo de negócios que funcionou no exterior.

E isso é necessário para que sejam criadas inovações brasileiras. Na segunda fase, é possível se basear em uma novidade vinda do exterior e ajustar diferentes funcionalidades e conceitos para o mercado brasileiro, a fim de que se torne algo mais híbrido.

Já na terceira fase, basicamente, devem ser lançadas inovações totalmente brasileiras para o mundo e muito trabalho ainda deve ser feito.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo. Se você deseja receber mais informações relevantes sobre transformação digital e precisa de conselhos, contate um de nossos especialistas.

:

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *